identidade visual

Screen+shot+2011-03-28+at+09.14.42.png
Screen+shot+2011-03-28+at+09.14.42.png

press to zoom
MFVC_logotipo_F.jpg
MFVC_logotipo_F.jpg

press to zoom
icones_semfundo.png
icones_semfundo.png

press to zoom
Screen+shot+2011-03-28+at+09.14.42.png
Screen+shot+2011-03-28+at+09.14.42.png

press to zoom
1/7
arquiteriores
 

Alfama, Chiado, Bairro Alto, Belém... tantos lindos bairros que me inspiraram.

 

Os casarios, em tons claros e com telhados bem vermelhos, tem grandes janelas que se debruçam para ver o Tejo ao longe.

 

Os caminhos, se feitos a pé, tem sempre a companhia dos desenhos das pedras portuguesas. Mas, se mais apressado for, um eléctrico pode levar a qualquer parte da linda Lisboa. Subindo e descendo por ruelas, onde o passado e o presente se encontram.

 

Screen shot 2013-03-14 at 15.24.22.png
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.22.png

press to zoom
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.44.png
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.44.png

press to zoom
Screen shot 2013-03-14 at 15.25.22.png
Screen shot 2013-03-14 at 15.25.22.png

press to zoom
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.22.png
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.22.png

press to zoom
1/6
bianca berenguer | cozinha especial 
 

Alfama, Chiado, Bairro Alto, Belém... tantos lindos bairros que me inspiraram.

 

Os casarios, em tons claros e com telhados bem vermelhos, tem grandes janelas que se debruçam para ver o Tejo ao longe.

 

Os caminhos, se feitos a pé, tem sempre a companhia dos desenhos das pedras portuguesas. Mas, se mais apressado for, um eléctrico pode levar a qualquer parte da linda Lisboa. Subindo e descendo por ruelas, onde o passado e o presente se encontram.

 

Screen+shot+2011-03-28+at+09.14.42.png
Screen+shot+2011-03-28+at+09.14.42.png

press to zoom
MFVC_logotipo_F.jpg
MFVC_logotipo_F.jpg

press to zoom
icones_semfundo.png
icones_semfundo.png

press to zoom
Screen+shot+2011-03-28+at+09.14.42.png
Screen+shot+2011-03-28+at+09.14.42.png

press to zoom
1/7
esmalteria carioca
 

Alfama, Chiado, Bairro Alto, Belém... tantos lindos bairros que me inspiraram.

 

Os casarios, em tons claros e com telhados bem vermelhos, tem grandes janelas que se debruçam para ver o Tejo ao longe.

 

Os caminhos, se feitos a pé, tem sempre a companhia dos desenhos das pedras portuguesas. Mas, se mais apressado for, um eléctrico pode levar a qualquer parte da linda Lisboa. Subindo e descendo por ruelas, onde o passado e o presente se encontram.

 

Screen shot 2013-03-14 at 15.24.22.png
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.22.png

press to zoom
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.44.png
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.44.png

press to zoom
Screen shot 2013-03-14 at 15.25.22.png
Screen shot 2013-03-14 at 15.25.22.png

press to zoom
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.22.png
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.22.png

press to zoom
1/6
paper love
 

Alfama, Chiado, Bairro Alto, Belém... tantos lindos bairros que me inspiraram.

 

Os casarios, em tons claros e com telhados bem vermelhos, tem grandes janelas que se debruçam para ver o Tejo ao longe.

 

Os caminhos, se feitos a pé, tem sempre a companhia dos desenhos das pedras portuguesas. Mas, se mais apressado for, um eléctrico pode levar a qualquer parte da linda Lisboa. Subindo e descendo por ruelas, onde o passado e o presente se encontram.

 

Screen shot 2013-03-14 at 15.24.22.png
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.22.png

press to zoom
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.44.png
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.44.png

press to zoom
Screen shot 2013-03-14 at 15.25.22.png
Screen shot 2013-03-14 at 15.25.22.png

press to zoom
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.22.png
Screen shot 2013-03-14 at 15.24.22.png

press to zoom
1/6
irene dantas | dermatologista 
 

Alfama, Chiado, Bairro Alto, Belém... tantos lindos bairros que me inspiraram.

 

Os casarios, em tons claros e com telhados bem vermelhos, tem grandes janelas que se debruçam para ver o Tejo ao longe.

 

Os caminhos, se feitos a pé, tem sempre a companhia dos desenhos das pedras portuguesas. Mas, se mais apressado for, um eléctrico pode levar a qualquer parte da linda Lisboa. Subindo e descendo por ruelas, onde o passado e o presente se encontram.